Eu e a Montanha – Acampamento.

Após cruzar o pórtico, recebo o incentivo da galera que estava a espera dos atletas, e depois desabo no chão, por mim ficaria ali um bom tempo descansando, mas é de extrema importância se hidratadar  após a prova, e já tratei te tomar água e comer algumas frutas que estavam a nossa espera.

DCIM100GOPROG0120662.

Era a minha primeira experiência em acampar junto a uma prova de trail, a fazenda na qual estávamos tinha um visual incrível aos pés da montanha e lagos, chalés, refeitório, uma ótima estrutura, depois de conhecer um pouco de onde estava já procurei a tão sonhada banheira de gele para poder fazer uma imersão e tentar melhorar a dor nas pernas, e nem de gelo precisamos, a água do lago estava muito gelada, tínhamos a opção de ir nele ou ir uns tanques de água correntes, fui no lago pois estava mais perto e onde tinha alguns atletas, fiquei ali por 15 mim, sai renovado, sem contar que a interação entre nos atletas é super bacana e logo fazemos amizades e as historias e relatos não param mais.

Já um pouco recuperado me dirijo a organização para fazer a retirada da minha mala e ir até a minha barraca, os acampamentos estavam bem divididos e organizados, por sorte ou azar fico no mais afastado, e carregar a mala depois de prova não foi uma tarefa muito agradável, após me organizar, tomo um banho em um dos chalés que estavam a nossa disposição e era banho quente, logo depois passo pela massagem e vou até o refeitório aguardar a chegada dos atletas e comer um pouco.

20160904_065545
Acampamento 3.

Conforme o tempo foi passando a concentração de gente no acampamento só aumentava e a energia era muito boa, a cada chegada todos aplaudiam, uma experiência única que todo corredor de montanha deve passar, fomos surpreendidos por uma chuva forte mas que não durou muito e deu um tempero a mais no evento, almocei e mais bate papo, fogueira, janta, comunicados da organização sobre o segundo dia de prova e partiu barraca.

20160904_065535
Vista da barraca.

Teríamos que entregar a mala até as 7 da manha, me programei para levantar perto das 6 para ter tempo de fazer tudo com calma, deitei perto das 10 não consegui dormir muito bem mas deu para repor as energias, de noite nada de chuva, porem logo pela manha o vento estava muito forte, mas com o passar do tempo abriu e o logo o sol se apresentou, mala despachada, café da manha reforçado, mais conversa e agora era esperar a largada que estava marcada para as 9 para o segundo trecho da prova.

Leave a Reply